Ao investir em criptoativos é preciso tomar algumas cautelas com o armazenamento para evitar ciberataques por meio dos quais seus ativos podem ser apropriados pelos invasores. Por isso, antes de começar a investir em criptos, é importante preocupar-se com a segurança dos ativos negociados. Um dos melhores modos para reduzir os riscos de cibersegurança em seus equipamentos informáticos é precisamente o uso de alguma das carteiras de criptomoedas, que são carteiras digitais (e-wallets).

Estamos a falar de um espaço digital para armazenamento de seus dados de alto valor. As carteiras digitais, assim como as carteiras físicas, são espaços compartimentalizados para armazenamento de valores.

Existem duas modalidades de carteiras de criptomoedas, as quentes (virtuais) e as frias (físicas). As primeiras são assim chamadas porque estão sempre disponíveis, uma vez que estão vinculadas a plataformas de transações. Basta que você tenha acesso à internet e saiba seu usuário e senha para acessar seus ativos e efetuar transações. As últimas são frias porque não estão prontas para uso a qualquer momento. São aparelhos físicos (hardware), parecidos com pen drives – mas com alta tecnologia de criptografia de dados -, nos quais você deixa armazenados os seus ativos. Para utilizar as carteiras frias, você precisa estar em posse delas para conectar a uma plataforma de transação (exchange ou swap).

As 10 melhores carteiras de criptomoedas de 2022

Lista das melhores carteiras de criptomoedas

Abaixo elencamos as melhores carteiras para armazenar seus cripto ativos.

  1. OKX – Melhor carteira para Portugal em 2022
  2. Crypto.com – Melhor carteira DeFi para custear seus ativos 
  3. Libertex – Carteira com diversos serviços integrados
  4. Bitstamp – Uma das melhores carteiras proprietárias para principiantes
  5. Binance – Melhor app de carteira cripto para negociação
  6. Coinbase – Uma das melhores carteiras para investidores principiantes
  7. Kraken Exchange cripto que também conta com uma carteira digital
  8. Huobi – Melhor carteira de criptomoedas para adquirir interesse em cripto
  9. Trezor – A melhor carteira offline
  10. Metamask – A carteira mais usada para projetos Web3 e dapps

As melhores carteiras de criptomoedas Analisadas

Para elaborar nossa lista das melhores carteiras de criptomoedas levamos em consideração os seguintes parâmetros:

  • Segurança da carteira
  • Taxas para envio e recebimento de ativos
  • Interface amigável e fácil de usar
  • Tipo de dispositivo suportado – computador, celular ou tablet
  • Recursos adicionais, tais como serviços de exchange e swap

1. OKX – Melhor carteira de criptomoedas para Portugal em 2022


A melhor carteira de criptomoedas para para ter para si em Portugal é, sem dúvidas, a OKX. Essa é uma plataforma completa que oferece diversos serviços integrados, tais como, funcionalidades do universo DeFi, DApps, NFTs e GameFI.

Além disso, podes comprar e converter mais de criptomoedas locais, podes também usá-las como meio de pagamento, através de um cartão de crédito. Na mesma plataforma, podes negociar usando as ferramentas da exchange, com níveis para traders iniciantes e avançados.

Atualmente a OKX está presente em mais de 180 países, incluindo Portugal, onde oferece serviços de ponta, inclusive uma criptomoeda própria, chamada OKB, a qual oferece diversas vantagens para o usuário.

Outro ponto positivo da OKX é a preocupação da exchange com a segurança dos usuários e da carteira de criptomoedas que tens para si. Os melhores recursos de segurança serão usados em sua conta, como por exemplo, a tecnologia GSLB e clusters de servidores distribuídos. Além disso, a OKX já movimentou mais 1,1 bilhão de dólares só em Bitcoins

2. Crypto.com – Melhor carteira DeFi para custear seus ativos


Podemos afirmar-te que a plataforma Crypto.com é uma das principais plataformas de negociação de criptomoedas do mundo. Isso porque, já em março de 2022, contava com mais de 10 milhões de usuários em todo o mundo.

A Crypto.com foi fundada em 2016, sua sede está em Malta e atualmente oferece seus serviços em mais de 90 países diferentes, incluindo Portugal.
A plataforma não oferece apenas serviços de troca de criptomoedas. É permitido fazer diversos outros tipos de transação, como por exemplo, transações por aplicativos como DeFi, Swaps e outros. A Crypto.com tem também uma presença muito forte e crescente no mundo emergente dos NFTs.

A Crypto.com oferece muitas outras vantagens. Algumas bem competitivas, como por exemplo, há uma oferta de mais de 250 criptomoedas, além da possibilidade de emitir um cartão Visa Crypto.com para si, que tem um cashback de até 8% em compras. Além disso, podes aumentar seu portfólio recebendo recompensas de até 14,5% em seus ativos de criptomoedas.

A Crypto.com garante-te a possibilidade de pagar e receber com criptomoedas, negociar com taxas baixas e possibilidade de liquidez elevada. Tudo isso com um ecossistema de blockchains públicas de última geração.

3. Libertex – Carteira de criptomoedas com diversos serviços integrados


A Libertex é uma das carteiras com maior experiência no mercado. Ela está em funcionamento desde 1997. Portanto, pode-se dizer que essa é uma empresa internacional bem consolidada no mercado financeiro com vasta experiência em negociação online.

A Libertex possui atualmente clientes em mais de 110 países, incluindo-se Portugal. A empresa já ganhou mais de 40 prêmios de prestígio em todo o mundo. No momento, a empresa oferece duas opções de contas:

A primeira é Libertex Portfólio, nessa modalidade a plataforma permite que o trader possa investir em ações com zero swap ou taxas de comissão. Essa é uma ótima opção para investimentos.
A segunda é Libertex CFD, uma conta de trading tradicional, onde é permitido para si comprar ou vender criptomoedas, ouro, petróleo e índice de ações, entre outros ativos.

Essa plataforma é uma ótima opção para sua carteira de criptomoedas. É importante deixar claro que na modalidade de conta Libertex CFD, é oferecida uma negociação ativa com multiplicadores de instrumentos populares, como criptomoedas, ações fracionadas a partir de 20 dólares e multiplicador de até 999.

Atualmente a Libertex conta com mais de 2,9 milhões de usuários ativos em todo mundo e muita experiência para emprestar aos novos traders.

4. Bitstamp – Uma das melhores carteiras de criptomoedas proprietárias para principiantes

Podemos falar-te que o BitStamp é um dos provedores mais antigos do mercado, uma vez que está vinculado ao mundo das criptomoedas desde 2011. Essa carteira oferece um atendimento atencioso ao cliente e funciona 24 horas por dia e 7 dias por semana. Esse é um ponto bastante valorizado pelos usuário da Bitstamp.

Tal aplicativo de carteira foi projetado para que qualquer usuário, não importa o quão inexperiente seja, possa encontrar-se confortavelmente e não ter dificuldade. Ele também oferece uma série de vantagens adicionais, como rendimentos e reembolsos imediatos, o que, de fato, agiliza muito a compra e venda de criptomoedas.

Cabe deixar claro para si, que embora o BitStamp seja analisado aqui como uma carteira adequada para investidores iniciantes, podemos afirmar-te que a carteira possui funcionalidade projetada exclusivamente para o trader experiente.

Essa funcionalidade chama-se BitStamp Pro e seria liberada para investidores de um determinado nível. Nesse nível, eles terão acesso a poderosas ferramentas de negociação especialmente criadas para gerenciamento de computadores.

5. Binance – Melhor app de carteira de criptomoedas para negociação

melhores carteiras de criptomoedas
A Binance é uma das principais empresas do mercado cripto, responsável por uma parcela muito significativa das transações. A Binance é proprietária de uma plataforma multi bilionária, composta por uma exchange, uma blockchain, uma criptomoeda própria, o BNB, e uma das melhores carteiras de criptomoedas. Por isso, a Binance é a melhor plataforma para quem quer armazenar os cripto ativos e utilizar os serviços de negociação.

A conveniência de armazenar seus ativos na mesma plataforma em que faz negociações é o que torna tão atrativa essa que é uma das melhores carteiras de criptomoedas do mercado. Para fazer uso da carteira integrada, basta acessar sua carteira pelo site da empresa ou através do aplicativo. Em ambos você pode analisar o histórico de seus investimentos, guardar suas chaves privadas ou baixar sua Trust Wallet para seu dispositivo móvel, celular ou tablet.

6. Coinbase – Uma das melhores carteiras para investidores principiantes

melhores carteiras de criptomoedas

Assim como a Binance, a Coinbase é uma das maiores exchanges disponíveis no mercado cripto e hoje é responsável pela custódia de mais de 70 milhões de contas. A plataforma da Coinbase foi projetada pensando em investidores com pouca ou nenhuma experiência em compra, venda e armazenamento de ativos digitais. A interface amigável é um grande atrativo para investidores que armazenam seus ativos na carteira quente da empresa.

A segurança de sua conta é garantida tanto com uma senha de segurança, quanto com autenticação de dois fatores – esse recurso deve ser habilitado manualmente pelos investidores. Como todos sabem, a autenticação de dois fatores é um dos métodos mais seguros para acesso a contas virtuais, pois adiciona mais uma camada de segurança.

Note-se que mensagens SMS e códigos (Google Authenticator e Microsoft Authenticator, por exemplo) não são os métodos mais seguros para o segundo fator, mas esses métodos apenas estão disponíveis após a superação da primeira etapa. O uso de chaves físicas, como a Yubikey, é muito mais seguro. Entretanto, utilizar um segundo fator, ainda que incluído entre os menos seguros, é muito mais seguro do que utilizar um único fator de autenticação.

7. Kraken – Exchange cripto que também conta com uma carteira digital

melhores carteiras de criptomoedas
A Kraken Exchange é uma provedora de wallet para criptomoedas que foi fundada em 2011. Atualmente tem mais de 9 milhões de traders cadastrados em sua plataforma e atende mais 190 países, incluindo Portugal.

A plataforma negocia um alto volume de ativos por trimestre, a cifra chega aos 207 bilhões de dólares. Além disso, a plataforma oferece investimentos a partir de 10 dólares.
Dentre as vantagens oferecidas pela Kraken estão spreead baixos, liquidez alta nos diversos mercados e com diversos criptos e limites de taxas altos.

8. Huobi – Melhor carteira de criptomoedas para adquirir interesse em cripto

melhores carteiras de criptomoedas
A Huobi iniciou suas atividades prestando serviços como uma exchange, mas logo alterou seu portfólio para incluir uma plataforma completa com acesso pelo site ou por aplicativo para dispositivos móveis. Desde então, é possível optar pelo melhor para si: armazenar seus tokens em sua conta Huobi, sem acesso às suas chaves privadas, ou baixar o aplicativo Huobi Wallet, compatível com Android e iOS, por meio do qual somente você terá acesso às suas chaves privadas, podendo controlar inteiramente seus tokens.

A carteira digital da Huobi suporta uma ampla gama de tokens, inclusive Bitcoin, Bitcoin Cash, XRP, EOS, Dogecoin, Polkadot, ERC-721 NFTs, uma suíte completa de tokens DeFi e outros. A taxa de pagamentos depende de fatores diversos, como a variação de preço do ativo, eventuais hackeamentos da empresa proprietária, guerra, política externa etc. A taxa de comissão da plataforma é de 0,20%.

9. Trezor – a melhor carteira offline

melhores carteiras de criptomoedas

Se procura uma carteira de criptomoedas segura e de fácil utilização, a Trezor é uma excelente opção. Ela suporta mais de 500 moedas criptográficas, tornando-a uma das carteiras de hardware mais versáteis do mercado. Uma das principais características da Trezor é a sua segurança. As suas chaves privadas são armazenadas offline no dispositivo, pelo que não podem ser pirateadas. Além disso, a Trezor utiliza autenticação de dois factores para proteger a sua conta. A Trezor é também fácil de utilizar. A interface é simples e intuitiva, pelo que pode começar a utilizá-la de imediato. Em geral, Trezor é uma excelente escolha se procura uma forma segura e fácil de armazenar as suas criptomoedas.

A carteira de criptomoedas da Trezor tem uma série de vantagens e desvantagens que devem ser consideradas ao decidir se deve ou não utilizá-la. Algumas das vantagens da carteira Trezor incluem as suas características de alta segurança, a sua facilidade de utilização, e o seu suporte para uma variedade de moedas. Contudo, alguns dos prós da carteira Trezor incluem a sua falta de flexibilidade quando se trata de gerir as suas chaves privadas e a seu preço relativamente elevado. Em geral, a carteira Trezor é uma óptima opção para quem procura uma carteira de moedas criptográficas segura e fácil de usar.

10. Metamask – a carteira de criptomoedas mais usada para projetos Web3 e dapps

melhores carteiras de criptomoedas

MetaMask é uma carteira popular de criptomoedas que permite aos utilizadores armazenar, enviar e receber activos digitais. A carteira foi concebida para ser de fácil utilização e possui uma exchange integrada que facilita a compra e venda de ativos cripto. A MetaMask também suporta uma série de protocolos e dapps DeFi populares, tornando-a uma escolha popular para os entusiastas de criptomoedas. Além da sua interface de fácil utilização, a MetaMask é também altamente segura, apresentando uma série de medidas de segurança, tais como 2FA e armazenamento offline. Como resultado, a MetaMask é uma das carteiras mais populares disponíveis para o armazenamento e utilização de criptomoedas.

A Metamask é de utilização livre e simples de se cadastrar. A Metamask é uma carteira de moeda criptográfica gratuita e de código aberto que pode ser utilizada para armazenar éter e outros tokens ERC-20. É simples de começar a utilizar e não requer qualquer informação pessoal. A Metamask pode ser acedida através de uma extensão de navegador ou aplicação móvel e pode ser utilizado para enviar e receber pagamentos, bem como para participar em aplicações descentralizadas baseadas no Ethereum (dapps). Além disso, a Metamask fornece uma forma segura de gerir chaves privadas e pode ser utilizado para assinar transacções offline. Em geral, a Metamask é uma carteira de criptomoedas fácil de usar que oferece uma variedade de características e benefícios de segurança.

As 5 principais carteiras de criptomoedas comparadas

Carteira Ativos suportados Estrutura de taxas Taxa cobrada pelo envio de Bitcoin Aplicativo móvel
OKX mais de 30 Usuários normais 0,080% e VIp 0,060%  1,00% Sim 
Crypto.com mais de 250 entre 0,15% e 3,99% para cartões de crédito  não informado sim 
Libertex mais de 250 0% de taxa para criptomoedas CFD e 0,003% para ações  não informado sim 
Bitstamp  Mais de 77  Variável ao volume de negociações.  Zero sim 
Binance mais de 1.000 mercados Grátis para baixar e taxa de 0,1% sobre as transações BTC 0,0005 Sim

O que são carteiras de criptomoedas?

Estamos aqui a falar sobre as principais carteiras de criptomoedas e podes estar a perguntar para si, mas afinal, o que é uma crypto wallet?

Pode-se dizer que as carteiras de criptomoedas são plataformas de armazenamento Elas vão permitir que o investidor armazene seus investimentos em moedas digitais.

Basicamente, as carteiras digitais funcionam da mesma forma que dinheiro físico tradicional. Os cartões de crédito e débito são usualmente armazenados em uma carteira digital, assim como os meios de pagamento eletrônico são armazenados em e-wallets. Com as criptomoedas também não é diferente. Os ativos digitais são armazenados nas chamadas Crypto Wallets, que a traduzir do inglês que dizer Carteira.

wallet melhor plataforma de criptomoedas

Precisas ter para si que existem vários tipos de wallets no mercado, contudo, para simplificá-lo, podemos dividi-las em dois grupos principais: São as Hot e Cold Wallets.

As Hot Wallets ou a traduzir carteiras quentes, são aquelas conectadas à internet. Já as Cold Wallets ou carteiras frias não. As Hot Wallets são consideradas mais fáceis de usar que as Cold Wallets. Porém, estamos a alertar que, por estarem ligadas à internet, as hot Wallets ficam mais suscetíveis a ataques virtuais e de hackers.

É através da carteira de criptomoedas escolhida para si que se conectará a tecnologia blockchain. Essa tecnologia será responsável por enviar e receber tokens. Podemos afirmar-te também que as carteiras oferecem recursos adicionais como por exemplo, permitir swaps ou funcionar como casa de câmbio.

A opção de carteira de criptomoedas mais popular para ter para si em 2022 talvez seja a carteira wallet móvel. Isso porque esse tipo de carteira permite que baixe para si em seu smartphone e tenha acesso a qualquer hora.

Cabe dizer que podes escolher para si, uma carteira com custódia ou uma carteira sem custódia. Para que não fique dúvida para si, podemos dizer-te que carteira de custódia são aquelas fornecidas geralmente por corretoras ou exchanges. Para escolher essa opção, é necessário que se escolha um provedor regulamentado e confiável para evitar qualquer tipo de golpe. Isso é importante, uma vez que as carteiras são fornecidas por terceiros e nem sempre há um às chaves privadas.

Para falar-te das carteiras sem custódia, precisamos deixar claro que terás acesso para si e é de sua responsabilidade guardar sua chave privada. Portanto, pode-se dizer que carteiras com custódia são mais seguras.

De maneira idêntica, as duas formas de carteira de criptomoedas possuem prós e contras, e exploraremos elas um pouco melhor logo abaixo.

Por que você precisa de carteiras de criptomoedas?

Tenha para si que as carteiras de criptomoedas são necessárias para que você realize as transações de criptoativos e também para que suas moedas digitais estejam em segurança.
O mercado de criptoativos é muito amplo e diverso e uma carteira de criptomoedas viabiliza sua participação neste mercado. Temos para si alguns exemplos:

  • Podemos supor que decidas comprar uma cripto específica, como o Bitcoin.
  • Nesse caso, poderás fazer a compra normalmente, e quando sua compra estiver concluída, a operadora irá adicionar a moeda em sua conta.
  • Neste momento tens uma escolha: pode deixar os seus Bitcoins nessa conta ou transferir para outra carteira de criptomoedas que tenhas escolhido para si.
  • Essa carteira de criptomoedas é controlada apenas por si.
  • Para transferir seu ativo, terás que ter uma carteira de cripto.

Cabe ter em mente que essas carteiras funcionam como aplicativos e podem ser acessados através de seu dispositivo móvel.

Para que não fiquem dúvidas para si, podemos traçar um paralelo com carteiras convencionais em que guardamos nosso dinheiro quando realizamos um saque de dinheiro em espécie. Podes deixar seu dinheiro no banco sem problema, mas quando quiseres pagar algo que precise de notas poderá utilizar algum dinheiro que está guardado em sua carteira, ter esse dinheiro disponível pode ser crucial caso queira comprar algo que só aceite notas.

É exatamente dessa mesma forma que funcionam as carteiras de Wallet Para ter criptomoedas disponíveis para suas transações, precisas de uma carteira digital. Isso também facilita algumas transações específicas, em estabelecimentos que só aceitam criptomoedas como pagamento, por exemplo.

Vale lembrar que as carteiras de criptomoedas também utilizam a tecnologia blockchain e existem desde 2009, quando o protocolo Bitcoin foi utilizado pela primeira vez.
Devemos dizer que, outra informação relevante sobre as carteiras de cripitomoedas é que elas são capazes de armazenar diferentes tipos de moedas. Algumas carteiras oferecem para si inclusive moedas de presente e adicioná-las em sua carteira.

Em última análise, podemos dizer-te que em sua conta corrente você pode depositar um valor em saldo e utilizá-los para transferir para outra pessoa e fazer transações do dia-a-dia. Ou ainda mantê-los armazenados ali e se você quiser transferir dinheiro para outra pessoa, ela também precisa ter uma conta ativa.

As carteiras de criptomoedas trabalham da mesma forma. Quando precisares dela para si, precisas tê-las em uma carteira digital ativa para armazenar sua moeda digital ou ainda se quiseres transferir suas criptomoedas para outro usuário.

Em resumo, a grande vantagem em se utilizar de carteiras de criptomoedas é a liberdade para negociá-las em outras plataformas com outros investidores e instituições.

Como as carteiras de criptomoedas funcionam?

Agora que não tem mais dúvidas para si do que são carteiras de criptomoedas e quais são as plataformas de wallet mais indicadas para adquirir seus criptos, preparamos alguns pontos para que possas entender melhor sobre o seu funcionamento.

Para que possas evitar cair em um eventual golpe e ter as principais noções de segurança e funcionamento das carteiras de criptos, separamos para que tenhas em mente alguns tópicos primordiais antes de prosseguir com a carteira de criptomoedas que escolheu para si e possa operará-la com propriedade.

Chaves Privadas e Frase de Backup

Como ocorre em qualquer transação financeira, a segurança é o principal fator para se levar em consideração. Podemos dizer-te que é primordial. Dito de outro modo, a segurança deve ser uma das suas principais preocupações, se não a principal, antes de começar a operar no mercado de criptoativos.

Exatamente por isso as carteiras de criptomoedas investem pesado em segurança e criptografia de dados. Mas, saber escolher seu PIN e sua chave privada também é importante e faz parte desse processo.

Agora deves perguntar para si: o que são chaves privadas?

Chaves privadas nada mais são que códigos de acesso. Para explicar melhor, assim como precisas de uma senha pessoal para acessar sua conta corrente tradicional, precisarás de uma senha para si em carteiras de criptomoedas. Chamamos essa senha de PIN, ele fornecerá-te acesso à sua carteira.

Mas aí reside uma grande diferença. Caso você perca ou se esqueça de sua senha no banco, podes usar os canais convencionais, como por exemplo, acionar seu gerente, se dirigir ao estabelecimento, solicitar outra senha para recuperar sua senha de acesso através do aplicativo, etc.

Já com a sua carteira digital é diferente, és o único que possui as informações de login, essa medida é para garantir a sua segurança e evitar que terceiros possam acessar sua conta e eventualmente transferir seus fundos. Com isso, queremos dizer que a responsabilidade pelo seu PIN é apenas de si.

Em termos um pouco mais práticos, isso significa dizer que, se porventura sua senha for esquecida ou houver algum problema com ela, ninguém poderá te ajudar. É justamente por isso que existe sua chave privada. É nesse momento que a chave entra em ação.

As chaves privadas são senhas únicas e é justamente por isso que cada carteira tem a sua. A prática mais comum é que essas chaves sejam compostas por uma média de 64 caracteres Para formar uma senha segura, é preciso que você escolha para si uma chave que inclua letras maiúsculas e minúsculas e também números.

No entanto, não se assuste com o número de caracteres para uma chave. Para facilitar a memorização dos usuários e resolver problemas, a maioria dos provedores de carteira tenta transformar sua chave em uma senha com 12 palavras aleatórias. Essa sentença é sua frase privada.

Ressaltamos que sua frase secreta deve ser escolhida com o máximo cuidado. Caso alguém descubra seu passe, poderá ter acesso a sua carteira de criptomoedas a qualquer momento e de qualquer lugar. Os prejuízos podem ser reais. É justamente por isso que é altamente recomendável transcrever sua frase e, em seguida, guardá-la no local mais seguro possível. Senhas importantes nunca devem ser salvas no computador, celular e laptop.

Endereço das carteiras de criptomoedas

Não restando dúvidas para si sobre como funcionam as chaves privadas, chegou a hora de saber mais sobre o endereço eletrônico de sua carteira de criptomoedas.

Para facilitar o entendimento, vamos voltar a comparar as carteiras de wallet com uma conta corrente de um banco tradicional. Caso você queira receber fundos de outra pessoa será necessário enviar alguns dados da sua conta, como por exemplo, os números da conta e agência para que a outra pessoa possa transferir o valor acertado ou solicitado. Essa numeração funciona como uma espécie de endereço bancário. Ele é único e intransferível.

Para receber criptomoedas e outros ativos digitais em sua carteira de wallet, será necessário que tenhas um endereço eletrônico da sua conta. Contudo, para si esse endereço aparece como uma longa sequência de caracteres, que inclusive é muito semelhante a sua chave privada.

Entrando, aí há uma grande diferença, enquanto sua chave privada deve ser mantida em segredo e muito bem guardada para evitar fraudes, o endereço da sua carteira digital de criptomoedas pode ser compartilhado sem medo.

Não há razões para pânico, ainda que os endereços de wallet pareçam complexos, os endereços são fáceis de serem guardados e compartilhados, principalmente porque podes criar um QR Code através da sua carteira, facilitando na hora de efetuar suas operações.

Comissões das carteiras de criptomoedas

As carteiras digitais de criptomoedas são necessárias e seguras para quem quer investir em ativos digitais. Contudo, como ocorre em todo bom serviço, existem cobranças de algumas comissões.
Isso quer dizer que, quando for utilizar sua carteira de criptomoedas para enviar fundos a outras contas ou fazer alguma transação semelhante, terá que pagar alguma taxa.

Isso ocorre para garantir a segurança das suas transações. Existem mineradores, que são máquinas que resolvem equações extremamente complexas e evitam problemas dentro da tecnologia blockchain. São esses mineradores que garantem a segurança da transação e eles devem ser pagos por isso.

Devemos deixar claro que, essas comissões não são calçadas em valores fixos e podem variar de acordo com o tipo de criptomoeda que está sendo negociada A variação também pode ocorrer levando em consideração o funcionamento da rede no momento da transação.

Não se preocupe com saldos para fazer a quitação dessa comissão. Ela será descontada da própria transação. Ou seja, não será cobrado nenhum valor antecipadamente e também não será preciso pagar por nenhuma taxa posteriormente.

Tipos de contas das carteiras de criptomoedas

Depois de contar-te como deves fazer para transferir e receber ativos digitais em sua carteira de wallet e também como manter a segurança da mesma, podemos orientá-lo sobre como escolher o tipo de carteira de criptomoedas que seja ideal para você.

Por isso, passamos a apresentar-te abaixo os principais tipos de carteiras no mercado para que possas fazer a sua escolha de forma mais assertiva.

Wallets de Software

Existem opções para quem não quer usar um dispositivo de hardware, os mais comuns são oferecidos pela Trezor ou Ledger Nano por exemplo. Nesse caso o usuário, estará armazenando seus ativos de criptomoedas em uma carteira de software.

Deves estar perguntando para si: o que isso tudo quer dizer? Isso significa que você pode se conectar remotamente à rede blockchain e acessar sua carteira de qualquer lugar e também qualquer dispositivo.

Esse tipo de software de desktop é muito popular entre os desenvolvedores de tecnologia, que por sua vez preferem se envolver diretamente com as engrenagens do blockchain. Mas não só isso, os wallets de software são comumente usados por carteiras que utilizam aplicativos para dispositivos móveis. Isso quer dizer que, em regra, são mais ágeis e fáceis de usar.

Outro ponto importante que é providencial deixar claro, essas carteiras para aplicativos móveis oferecem níveis altos de segurança, pois elas enviam notificações em tempo real sobre os fundos que são recebidos e transferidos. Além disso, elas continuam exigindo seu PIN de acesso para a carteira de criptomoedas continuamente.

Wallets de Hardware

Sempre existem outras possibilidades para sua carteira de criptomoedas. Uma delas são as wallets de Hardware. Precisamos deixar claro que, quando falamos de hardware, estamos nos referimos a um suporte físico. Isso também quer dizer que essa opção oferece uma camada extra de proteção.

Ficou em dúvidas? Para não guardá-las para si, vamos entender melhor sobre o funcionamento dos Wallets de Hardware.

As carteiras de hardware fornecem a opção de armazenamento mais segura no universo das criptomoedas, isso sem sombra de qualquer dúvida. Isso acontece porque, independentemente do provedor, a carteira é mantida offline o tempo todo, dificultando a ação de hackers. É por isso que as carteiras de hardware são chamadas de carteiras fria ou de armazenamento a frio, pois nunca são conectadas a servidores ativos.

Cabe deixar claro que, mesmo que sua carteira de hardware seja roubada, ainda seria extremamente difícil para a pessoa acessar seus ativos de criptomoedas. Isso acontece porque, para ter esse acesso, a pessoa obrigatoriamente precisaria saber o PIN que foi cadastrado quando configurou a carteira.

Isso quer dizer que, em caso de roubo, você tem a possibilidade de recuperar remotamente o controle de sua carteira digitando a chave privada por meio de um terceiro dispositivo. Neste caso, é preciso acessar o dispositivo roubado e simplesmente transferir seus ativos da conta antiga para a nova.

O único ponto negativo que vale a pena ressaltar é que, por ser um dispositivo físico, você precisará ter o hardware em mãos toda vez que acessar sua carteira.

Paper Wallets

A opção paper Wallet é a menos utilizada no mercado cripto. Mas é bom saber que ela também está disponível.

A Paper Wallet, como o próprio nome diz, é uma impressão em papel que manterá seus fundos off-line o tempo todo. Falando de uma maneira, você imprime uma folha em que de um lado encontra-se o endereço e do outro as chaves de acesso.

Essa opção é um pouco mais trabalhosa e pouco prática, uma vez que, sempre que quiser realizar uma transação, necessariamente terá que abrir uma carteira nova, transferir os tokens e então realizar a transferência.

Esta opção é recomendada para as pessoas que pretendem investir e operar em longo prazo e desejam manter seus documentos guardados fisicamente em segredo.

Como escolher a melhor carteira de criptomoedas para você

Depois de conhecer os principais aspectos das carteiras de criptomoedas, listados acima, é possível dar início ao processo de escolha da melhor carteira para si. Sugerimos que sua pesquisa não encerre neste guia e que sejam levados em consideração por si os parâmetros listados a seguir.

Segurança das carteiras de criptomoedas

O critério mais importante na hora de escolher dentre as carteiras de criptomoedas é a segurança. O tipo de protocolo de segurança varia de acordo com o tipo de carteira escolhida:
As carteiras mais seguras são as frias, mas elas vêm acompanhadas dos inconvenientes de ser necessário estar em posse delas no momento da transação e de precisar preocupar-se com o local em que são guardadas (cofres, armários, caixas etc.) para evitar que sejam roubadas ou furtadas.

Ao utilizar carteiras quentes, você está a confiar na segurança de sua carteira contratada. É preciso ter certeza de que os protocolos de segurança são eficazes. Para saber se são seguras, as carteiras quentes podem ser reguladas por autoridades como a SEC, ASIC, FCA e CySEC, mas podem não estar regulamentadas, como a Kucoin. No caso das carteiras não regulamentadas, você pode ter menor segurança.

Se você utilizar um app de carteira digital, certifique-se de que existe bloqueio com senha e autenticação em dois fatores. Sugerimos que você sempre utilize essa camada adicional de segurança para evitar ataques de hackers.

Custódia das carteiras de criptomoedas

Algumas empresas responsabilizam-se pela segurança na custódia de duas chaves privadas. Nesse caso, se as chaves forem perdidas ou vazadas, as empresas arcam com os prejuízos. Além disso, se você perder o acesso à sua conta, pode entrar em contato para receber auxílio na recuperação. Mas sugerimos que você só utilize esse recurso se tiver total confiança na empresa, porque, ao mesmo tempo em que você armazena suas chaves privadas, os funcionários podem ter acesso integral a seus ativos.

Ao optar por uma carteira sem serviço de custódia, a empresa não terá acesso às suas chaves privadas e sua palavra-passe, então o controle integral dos ativos pertencerá somente a si. Portanto, em caso de perda do acesso às suas chaves privadas, a empresa não poderá lhe auxiliar na recuperação.

Tipo de carteira de criptomoedas

A escolha do tipo de carteira deve levar em consideração principalmente a regularidade com que se pretende efetuar transações. Para os investidores que pretendem negociar regularmente e em curtos lapsos de tempo, provavelmente será mais interessante uma carteira quente, embora sejam menos seguras. Já para os investidores que pretendem manter os ativos e esperar o melhor valor para a venda, as carteiras frias são mais interessantes por questões de segurança.

Antes de optar por uma carteira fria, não esqueça de considerar se seus objetos estão em segurança em sua casa ou local de trabalho. Se você precisa esconder tudo para que ninguém se aproprie ou não tem um espaço adequado para a custódia de objetos de alto valor, uma carteira quente pode ser mais interessante.

Trading e Swaps

As melhores carteiras de criptomoedas do mercado hoje são fornecidas por importantes plataformas de transações (exchanges ou swaps). Com isso, é possível ter à disposição, em um só local (site ou aplicativo), fazer transações e guardar seus ativos.

Experiência dos usuários das carteiras de criptomoedas

Algumas carteiras são projetadas para atender o público dos investidores iniciantes, como a Binance e a Coinbase. Por isso, estão disponíveis recursos de experiência de usuário que auxiliam e guiam os investidores para facilitar seu uso.

Comissões das carteiras de criptomoedas

Ao enviar um ativo de uma carteira para outra, será cobrada uma comissão. O valor é determinado pela blockchain na qual o ativo está armazenado, de modo que pode ser maior ou menor, de acordo com o ativo ou com o tráfego da rede.

As melhores carteiras permitem enviar fundos pela taxa de rede atual, sem cobrar valores a mais por isso. Contudo, algumas carteiras cobram taxas além da comissão da blockchain, o que encarece as transações.

Para se ter uma ideia dos valores, a comissão da blockchain do Bitcoin é de BTC 0,005 pelo envio de Bitcoin para uma carteira.

Alertas e avaliação de portfólio

Algumas das principais carteiras de criptomoedas disponibilizam um serviço de alertas para transações realizadas para que você não precise ficar conferindo a todo momento se já recebeu um valor esperado. Também existem serviços de informação, em tempo real, do valor global de seu portfólio de investimentos, para que não seja necessário pesquisar as cotações e calcular os valores.

Como obter uma carteira de criptomoedas – Tutorial completo

Nesta seção do guia ensinaremos como obter uma das carteiras de criptomoedas. Utilizaremos a Binance como referência, pois o método é semelhante às demais carteiras digitais.

Passo 1: Crie uma conta

Para criar uma conta, é preciso acessar o site da Binance e clicar no botão verde “Cadastrar” no canto esquerdo da tela. Na página seguinte, será necessário informar nome completo, e-mail e senha, bem como concordar com os termos da plataforma.

Devido à regulamentação pela SEC e à política de compliance, a plataforma precisa obter informações a respeito de si. Por isso, além dos dados iniciais de cadastro, serão solicitados outros dados e alguns documentos, como documento de identidade, passaporte ou carta de condução.

Passo 2: Faça o download do aplicativo Binance

Após cumprir todas as solicitações da etapa de verificação do cadastro, é possível fazer o download da aplicação de carteira digital, suportada por dispositivos móveis com Android e iOS.

Passo 3: Adicione ativos em sua carteira

Abra a aplicação, entre em sua conta e adicione os ativos. Pode-se fazer isso comprando ativos ou enviando os ativos já adquiridos e armazenados noutro local – outra carteira digital ou algum outro local de armazenamento de suas chaves privadas.

Conclusão

Escolher a melhor carteira para si não é tarefa fácil. Em que pese este guia seja completo, sugerimos que sejam feitas pesquisas complementares. Esforçamo-nos por tentar elucidar as principais dúvidas, mas, se algum de seus questionamentos permanecer sem resposta, mesmo após a leitura das perguntas frequentes, é importante esclarecer antes de contratar um serviço de carteira quente ou comprar uma carteira fria.
Reiteramos nossa sugestão de tomar em conta, ao escolher a melhor das carteiras de criptomoedas para si, os critérios de segurança, custódia, tipo de carteira, trading e swaps, experiência de usuário, comissões, alertas e avaliação de portfólio.

Perguntas frequentes

O que são as carteiras de criptomoedas?

Quais são os tipos de carteiras de criptomoedas existentes?

Como escolher qual dos tipos de carteiras de criptomoedas é melhor para si?

Carteiras de criptomoedas são seguras?

Qual das carteiras de criptomoedas é a melhor?

Isenção de responsabilidade

É vital sempre investir com responsabilidade e consciência de todos os riscos envolvidos. Os mercados podem ser extremamente voláteis, portanto, você deve conduzir uma pesquisa extensiva antes de investir. Nosso site oferece atualizações regulares e verifica cuidadosamente todas as plataformas que recomenda, mas você deve formar a sua própria opinião e investir somente o que pode arriscar perder. Nunca há garantia de retorno de investimento.