Após um duro bear market no ano passado, a estrutura atual do mercado de criptomoedas continua a demonstrar sinais de consolidação, já que a maioria das principais criptos caiu ligeiramente no período de 24 horas. No entanto, os técnicos do Bitcoin têm mostrado força relativa, apresentando-se numa fase de consolidação que poderá prometer uma outra “leg higher”.

Contudo, o desempenho de outros mercados financeiros de elevada dimensão deverá ter um impacto direto no que representa um possível início de bull market não só no preço de Bitcoin, mas também das principais altcoins, como é o caso de Ethereum. Será esta uma boa fase para reinvestir em Bitcoin ou até em novos projetos promissores ainda em pre-sale, como é o caso de Meta Masters Guild?

Queda de preço não significa um retrocesso para o preço de Bitcoin

Até ao momento, o preço do Bitcoin está em US$ 22.631, indicando uma tendência de queda de 1,29% nas últimas 24 horas. Ora, tal não é surpreendente, considerando que todo o mercado de criptomoedas também perdeu 2,56% de seu valor no mesmo período.

Bitcoin price crash: Why is BTC stock going down? | The Sun

De notar que, especialmente após as primeiras semanas do ano a serem bastante positivas, os períodos consolidações são normais. Com o mercado cripto a aproximar-se da sua terceira semana consecutiva de ganhos, espera-se que ocorram quedas de preços de tempos em tempos. No entanto, os técnicos do Bitcoin não são necessariamente maus, quando analisados diretamente nos seus diferentes gráficos. O criptoativo caiu abaixo de seus indicadores de média móvel (MA) de curto prazo, embora ainda se mantenha firmemente acima de uma continuação positiva a longo prazo.

Na verdade, os investidores estão particularmente entusiasmados com o índice de força relativa (RSI) do Bitcoin. Apesar do ativo ser negociado bem acima da marca de US$ 22.000, o RSI do BTC está em 40,51. Isso indica que o ativo não está overbought e que os investidores podem comprá-lo confortavelmente, pois espera-se que o seu preço suba. Sem dúvida que esta métrica é um bom indicador para que possa comprar Bitcoin num momento mais acertado.

Retorno do otimismo macro ao mercado de criptomoedas e ações

Atualmente, o maior apoio e otimismo envolta do preço Bitcoin parece ser o otimismo renovado sobre a melhoria dos fatores macroeconómicos. A política do Federal de Reserva dos EUA deve conseguir apertar a inflação, já que o Índice de Preços ao Consumidor (CPI) de dezembro de 2022 saiu abaixo do esperado. Com a queda da inflação, aumenta o otimismo de que o Fed possa finalmente afrouxar algumas de suas rígidas regras de política monetária no final deste mês estão a ganhar força.

De facto, uma potencial queda nas taxas de juros deve dar aos investidores mais liberdade para apoiar ativos de risco, como criptomoedas. E, como esperado, o Bitcoin provavelmente será o maior ganhador se tal acontecer. De tal forma que Dan Tapiero, fundador e executivo-chefe da 10T Holdings, explicou recentemente que a questão não é se o Fed reduzirá as taxas de juros, mas até que ponto isso acontecerá. Este especialista acredita que o ambiente macroeconómico indica que o Bitcoin terá um bom ano e os investidores devem se preparar para possíveis ganhos e recuperação.

Momento ideal para comprar Bitcoin?

Atualmente, o preço do Bitcoin está a atravessar por uma tendência de baixa. No entanto, os investidores ainda estão muito otimistas com as perspectivas deste volátil ativo. O Bitcoin tornou-se mais atraente devido ao seu histórico de oscilações de preços e melhores condições macroeconómicas. À medida que mais investidores antecipam um raly de cripto geral este ano, o Bitcoin é um dos ativos a serem observados.

No entanto, os investidores que procuram por ganhos de curto e longo prazo devem considerar várias novas criptomoedas que podem ser igualmente lucrativas. O token MEMAG é um desses nomes. Desenvolvido pela Meta Masters Guild, o MEMAG é um token de jogo multidimensional com diferentes casos de uso. Está disponível em pré-venda, com US$ 1,37 milhão arrecadados até o momento.

Criptoativos são um investimento de alto risco e podem não ser indicados para novatos.

Somando a esse projeto promissor em pre-sale, também investidores podem considerar o FGHT. O ativo digital, que alimenta a plataforma de move to earn Fight Out, é atualmente uma das pré-vendas mais procuradas do mercado. Com mais de US$ 3,42 milhões em capital levantado, o preço FGHT continua a aumentar significativamente. Provando que não só BTC poderá ter enorme upside este ano.