Para quem é iniciante no mercado financeiro pode se deparar como muitas classes diferentes de investimentos, como ETFs, criptos, NFTs, entre outros. Cada um desses ativos possuem características específicas e por isso é importante conhecer a fundo antes de investir.

ETF

Assim, neste guia preparamos para você uma explicação detalhada sobre o que são ETFs e como negociar nas melhores plataformas disponíveis. Além disso, apresentamos as corretoras mais confiáveis com as melhores taxas para facilitar seu investimento.

Em resumo, ETFs é uma sigla para Exchange Traded Funds, que significa Fundos de Investimento, ou fundo de índice. Mais abaixo discutiremos este conceito em detalhes.

Como negociar ETFs em 5 passos rápidos

Se você espera negociar ETfs de maneira rápida e prática, separamos este passo a passo resumido.

Confira abaixo como investir em ETFs na eToro:

Passo 1 – Escolha uma plataforma que negocie ETFs

Não são todas as corretoras que operam ETFs, por isso é muito importante se certificar que a de sua escola trabalha com ETF.

Passo 2- Faça um depósito

Após criar sua conta e realizar a verificação padrão é hora de depositar fundos. A maioria das corretoras aceitam diferentes formas para isso. As mais tradicionais são transferência bancária, cartão de crédito, ou ainda pagamento digitais como PayPal.

Passo 3- Escolha o mercado

Uma vez que seus fundos estejam ativos é hora de definir o índice que quer operar. Por isso pesquise a classe de ativos que te interessa. As operadoras oferecem diversas opções.

Passo 4 – Defina seu ETF

Após ter pesquisado sobre o mercado e os ativos que podem gerar lucro você deve selecionar o ETF que irá investir.

Assim, digite o nome do ETF na barra de pesquisa e clique em trade.

Passo 5 – Confirme sua operação

Uma ordem de compra irá aparecer em sua tela, defina o valor que você quer investir e confirme sua ação.

Agora é só esperar o tempo que você planejou para deixar seu rendimento ativo.

 Onde negociar ETFs – Revisão das melhores corretoras

Para negociar ETFs é preciso ter uma conta aberta em uma corretora, como pontuamos acima.

Essa decisão é de extrema importância uma vez que será através dela que você poderá ter lucros. Além disso, é onde seus investimentos estarão depositados, por isso não pode ser uma decisão qualquer.

Assim, para auxiliar você nesta decisão, separamos 5 corretoras de confiança para facilitar sua escolha. São elas: aToro, Capital.com, Libertex,

Veja abaixo as opções com mais detalhes:

1. eToro

etoro melhores altcoinsA eToro é considerada por muitos investidores como a melhor corretora para realizar transações financeiras. Não é a toa que ela se destaca como sendo uma das maiores plataformas de negociação online do mundo.

Assim, possui mais de 24 milhões de clientes ativos que negociam os mais diferentes ativos digitais, como criptos ou NFTs.

A plataforma tem uma reputação incrível de segurança para o cliente e é regulamentada por autoridades financeiras de primeira linha, como FinCEN, FINRA, FCA, ASIC e CySEC.

Além disso, a eToro oferece mais de 250 ETFs para negociar em uma ampla variedade de indústrias diferentes.

ETF

A corretora é também uma maneira barata de negociar ETFs uma vez que não cobra comissões. Para realizar depósitos de fundos a eToro aceita transferência bancária, cartão de crédito, PayPal, Neteller e Skrill.

Você pode operar de um computador desktop e também a partir de um aplicativo em seu smartphone.

Por fim, a eToro possui uma ótima plataforma educativa, com guias, tutoriais e vídeos para os iniciantes.

Prós

  • Negociação de ETF sem comissão
  • Aplicativo intuitivo
  • Mais de 250 ETFs para negociar
  • Regulamentação segura
  • Permite que você negocie ações com taxas baixas

Contras

  • Alto valor de Depósito mínimo

2. Capital.com

capital.com staking criptomoedasTemos agora mais uma empresa líder no segmento de corretoras, a Capital.com.

Além de possuir um portfólio diversificado para investimentos, é famosa por não cobrar comissão e ter spreads juntos.

Aqui você pode operar com uma alavancagem de 1:30, tendo a certeza de altos padrões de segurança e privacidade.

E mais, a corretora possui uma Inteligência Artificial avançada que auxilia recomendando vídeos para aprimorar sua estratégia de investimento.

ETF

Além disso, oferece aos usuários uma ótima ferramenta educativa, com cursos online e guias de negociação. Sua interface intuitiva oferece ainda um setor com as últimas notícias de economia e dos mercados.

Por fim, em relação a segurança estamos falando de uma corretora que é licenciada pela CySEC, FCA, ASIC, FSA & NBRB. Cumpre ainda todas as regulamentações que garantem a segurança dos dados de seus clientes.

Tudo isso para que o trader se sinta seguro para operar.

Dessa forma, estamos falando de uma ótima opção para ETFs, com uma carteira diversificada.

Prós

  • Carteira diversificada
  • Não cobra comissão
  • Altamente licenciada
  • Aplicativo para smartphone

Contras

  • Outras taxas não específicadas

3. Libertex

comprar Polkadot na LibertexA Libertex é uma corretora consagrada no mercado que opera desde 1997. São mais de 20 anos de experiência no mercado financeiro.

Por isso é uma empresa internacional de confiança, que possui preocupação com seus clientes e oferece diversas plataformas de negociação.

Além disso a empresa é famosa por investir em alta velocidade e tecnologia de ponta, além de ser altamente confiável.

Possui um portfólio diversificado, com forex, ações, principais criptos como Ethereum ou ApeCoin e também ETFs.

A empresa se apresenta como uma das líderes na indústria internacional e já ganhou mais de 40 prêmios de prestígio em todo o mundo.

Além disso, oferece cursos educacionais, portfólio aberto de investimentos com valorização de 40%, ideias para investir mais e um presente de US$10,00 para usar em criptos.

Não cobra taxa de comissão, os depósitos mínimos começam em US$50,00

Prós

  • 0% de comissão
  • Portfólio Diversificado
  • Alta reputação internacional

Contras

  • Apenas 10 opções de ETFs

4. Webull

Uma opção muita famosa nos EUA para negociação de ETFs, e outros ativos, é a Webull.

Possui estrutura de taxas baixas e uma seleção com mais de 2000 ETfs para você escolher. Além disso, você consegue investir a partir de US$5,00 por posição.

Sendo assim, esta corretora é uma ótima opção para quem quer começar investindo pouco. A plataforma é regulamentada nos EUA pela SEC e pela FINRA, além de oferecer proteção ao investidor sob o esquema SIPC.

Não pede limite de mínimo de depósito, o que também é uma vantagem ao abrir uma conta.

ETF

Atualmente, o Webull aceita apenas depósitos ACH, embora sejam totalmente gratuitos. Também não há taxas para retirar do seu saldo de negociação e os fundos podem chegar à sua conta bancária em menos de dois dias.

Por fim, a plataforma de negociação na web é ideal para investidores que desejam negociar ETFs na Webull a longo prazo, pois é altamente personalizável e possui uma ampla gama de indicadores técnicos para empregar.

Prós

  • Zero comissões ao negociar ETFs
  • Regulado pela SEC e FINRA
  • O tamanho mínimo da posição é de apenas US$5,00

Contras

  • Aceita apenas transferência por ACH
  • Não possui versão em português

5. Charles Schwab

Mais uma empresa com alta reputação nos mercado americano, a Charles Schwab aparece como opção para ETFs.

A corretora existe desde 1971, tem muitos anos de experiência e tendo construído uma excelente reputação pelo caminho.

Além disso, é regulamentada pela SEC e FINRA e até está listado na NYSE, reforçando significativamente a credibilidade da plataforma.

Seu portfólio para investimentos é bastante diversificado e trabalha com mais de 2.000 ETFs para você negociar.

ETF

Assim como a Webull, você só precisa investir US$5,00 para começar negociar ETFs, inclusive se quiser comprar ações individuais.

Por fim, esta corretora também não cobra comissões para negociar ETFs, nem taxas comerciais relacionadas a a depósitos, saques ou inatividade.

Prós

  • Reputação de longa duração nos EUA
  • Regulado pela SEC
  • Sem comissões na negociação de ETF
  • Invista a partir de $ 5 por posição

Contras

  • Não aceita transferência bancária nem cartão de crédito
  • Plataforma apenas em inglês

O que são ETFs?

Como falamos na introdução, ETFs, (Exchange Traded Funds), é uma classe de ativos que operam com cestas de ações baseadas em índices. Assim, ETF significa fundo negociado na bolsa, e como o nome sugere, é negociado na bolsa de valores.

Criado na década de 1980, os ETFs estão entre as classes de ativos mais populares do mercado. Assim, estamos falando de um fundo de investimento negociado direto na Bolsa de Valores, como se fosse uma ação, mas que na verdade é uma cesta de ações.

Dessa forma, os ETFs oferecem aos investidores a possibilidade de negociar de maneira ativa e passiva. A maioria acompanha um índice, como um índice de títulos ou de ações.

Em suma, uma de suas características mais interessantes é que você pode investir em diferentes setores sem precisar analisar cada ação individual. Isso acontece porque você estará investindo em uma cesta de ações.

Por isso, temos uma cesta cheia de ações, que copiam o desempenho de um índice. Por exemplo, no Brasil temos como índice de referência o Ibovespa, o Small Caps, entre outros.

Dessa forma temos uma opção interessante para quem quer arriscar, mas sem se expor demais, de maneira simples e diversificada. Assim como os fundos mútuos e os fundos de hedge, os ETFs funcionam reunindo capital e usando-o para rastrear um índice, setor ou commodity específico.

Por se tratar de uma cesta de ações, você pode obter exposição a vários ativos, como as melhores ações de dividendos, os melhores ETFs de Bitcoin ou uma commodity como o petróleo.

Além disso, os ETFs sofrem com a mesma flutuação de preço que as ações, sendo possível comprar em baixa e vender em alta. Dessa forma o investidor lucra com essa diferença.

Como a negociação de ETFs funciona?

Uma vez que você já tenha entendido o que são ETFs, vamos explicar como sua negociação funciona.

No início desse artigo apresentamos as principais corretoras para você negociar ETF, é através destas plataformas que você irá negociar seu ETF. Dessa forma, a corretora é sua intermediadora nesta negociação.

Antes de abrir sua conta em uma operadora, certifique-se de que ela opera ETF, e não apenas criptomoedas e NFTs, por exemplo. Nós indicamos a eToro como uma corretora segura e confiável.

Como já falamos, os ETFs são cestas de ações, e por isso estão listados em bolsas de valores. Entretanto você não precisa comprar uma ação inteira, principalmente porque algumas ações possuem um preço elevado.

Ao invés disso, você pode comprar uma fração dessa ação, dessa forma você investe sem precisar dispor de muito dinheiro.

Dessa forma, o retorno financeiro vem pela valorização dessa ação, você compra uma ação ou uma fração de ação, de uma empresa que você acredita que irá crescer.

Ao investir em ETF você opta por um índice, que á um conjunto de ações de um setor específico. Por exemplo, o índice Bovespa representa as ações mais negociadas no Brasil. Este índice pode valorizar ou desvalorizar.

Por isso, para investir em ETF é preciso estar atento às oscilações do mercado e atualizado sobre o que pode influenciar nos preços das ações.

Futuros vs Opções

Existe também outra opção para quem quer investir em ETFs, os métodos de futuros e opções. Estamos falando de abordagens menos populares, mas que oferecem possibilidades de ganhos.

Futuros de ETF:

Os contratos futuros de ETF são um tipo de produto de investimento derivativo em que investidor é obrigado a comprar ou vender ações de um ETF por um preço específico em ou antes de uma determinada data.

Dessa forma, esses contratos são ideais para especular sobre o valor de um ETF ou para proteger uma posição em outro ativo. No entanto, como os futuros geralmente são altamente alavancados, eles podem resultar em perdas consideráveis ​​se uma má gestão de risco for empregada.

Opções de ETF:

As opções de ETF são semelhantes aos futuros, mas dão ao titular o direito (não a obrigação) de comprar ou vender ações de um ETF por um preço definido em ou antes de uma data futura específica.

Assim, como os futuros, as opções de negociação fornecerão exposição aos movimentos de preços do ETF sem ter que possuir o ativo subjacente. As opções formam a base de muitas estratégias de especulação.

CFDs

Temos aqui mais uma opção para se negociar em ETF, usando CFDs. Muitos investidores acreditam que esta seja a melhor maneira de negociar ETFs.

CFD significa ‘Contrato por Diferença’ e é um produto derivativo que permite que os traders especulem sobre os movimentos de preço de um ativo sem precisar possuí-lo.

Dessa forma, os CFDs são ótimos para especular sobre commodities físicas como ouro e trigo, pois ajudam a evitar os desafios logísticos significativos de possuir o ativo subjacente.

Além disso, os CFDs também podem ser usados para negociação de ações, por exemplo, se você quiser comprar ações da Tesla. Dessa forma, funcionam da mesma maneira que os commodities.

Entretanto, é importante ressaltar que CFDs não está disponível em todos os países, como nos EUA, por exemplo. No Brasil você pode operar com CFD, apesar de ser considerada uma negociação de alto risco.

Por que negociar ETFs?

Negociar ETFs é uma ótima opção, principalmente para quem entende as oscilações do mercado e não quer perder tempo pesquisando ação por ação.

Os índices de ETFs tendem a colocar em uma cesta as principais ações do mercado financeiro.

Por isso, se você pretende investir em ETF em curto prazo veja os benefícios que destacamos para você.

Taxas mais baixas em comparação com outros fundos

Provavelmente o principal benefício em se investir em ETF é seu custo ser muito mais baixo do que outros Fundos de Ações Tradicionais.

Outros tipos de fundos de investimento, como fundos mútuos e fundos de hedge, tendem a ser acompanhados por taxas contínuas mais altas, pois geralmente são gerenciados ativamente.

E mais, com apenas uma ordem você adquire uma cesta de ativos.

Além disso, como os ETFs são investimentos passivos, muitos dos custos que os fundos mútuos e os fundos de hedge têm não se aplicam. Por isso a negociação de ETFs é mais econômica do que as alternativas.

Diversificação

Ao adquirir ETFs você não está comprando uma ação específica, mas uma cesta de ações, de empresas diversificadas.

Essa opção é excelente para pessoas que querem investir em setores específicos da economia, principalmente porque acreditam em seu crescimento, mas não conhecem a fundo todas as empresas do setor.

ETFs

Por exemplo, se você quer investir no setor energético sem perder tempo investigando cada empresa que possui ações na bolsa, você pode negociar ETFs.

Isso porque os ETFs são fundos pré-fabricados que permitem mais agilidade neste processo de investimento.

Acessível

Outra vantagem que os ETFs possuem é sua acessibilidade. Como você faz essa negociação direto nas plataformas, os passos são intuitivos e você não precisa ter conhecimentos profundos da bolsa de valores.

Assim, os ETFs se tornaram cada vez mais populares, principalmente entre os traders iniciantes, que viram uma oportunidade de participar do mercado de ações de maneira mais fácil e eficiente.

Como ganhar dinheiro com ETFs

Agora que você já sabe o que é ETF e como ele funciona, vamos explicar como o lucro pode vir desses contratos.

Vale ressaltar que estamos falando de um mercado especulativo, com chances de ganhos e perdas.

Em suma, existem duas maneiras de ganhar dinheiro com ETF, através de ganho de capital, (valorização), e também a partir de dividendos.

Ganho de capital:

Funciona exatamente como as ações, você lucra quando elas sobem, se tornando mais caras do que quando você comprou.

Por exemplo:

Supondo que você comprou ações da Petrobrás em janeiro de 2022, e ela custava R$20,00. Você decidiu investir R$1000,00.

Passados alguns meses o preço da ação subiu para R$40,00. Por isso você decide encerrar sua posição.

Em alguns meses essa ação dobrou de valor, representando um retorno de 100%.

Dessa forma, você ganhou dinheiro com o ganho de capital. Será devolvido a você R$2000,00, menos as taxas aplicadas.

Dividendos:

São pagamentos regulares resultantes dos investimentos em ações. Eles são parte do lucro líquido de empresas que possuem ações na bolsa de valores.

Como os ETFs investem em ações individuais, algumas empresas pagam dividendos a seus acionistas.

Assim, se o fundo for designado como um ETF de “renda”, esses pagamentos serão redistribuídos de volta aos investidores do ETF como um dividendo.

Melhor horário para negociar ETFs

Diferente de outros ativos digitais em que você pode operar 24 horas por dia e 7 dias por semana, quando falamos em ETFs não é bem assim, isso porque eles estão vinculados as bolsas de valores.

Por exemplo, se você decidir comprar Bitcoin ou alguma outra criptomoeda como Cardano, poderá fazer isso em qualquer horário uma vez que esse “mercado” não fecha.

Entretanto as bolsas de valores, não só no Brasil, mas em todo mundo, possuem um horário pré-determinado de funcionamento.

Por isso é preciso estar atento a estes horários quando você planeja comprar um fundo ETF específico. Os ETFs estarão disponíveis para negociação durante o mesmo horário da bolsa em que estão listados.

Existe sim a opção de negociar em períodos pré-marcados ou after-hours, mas apenas em algumas corretoras e os spreads costumam ser muito maiores.

Dessa forma, segue abaixo os horários das principais bolsas de valores:

  • Bolsa de Valores de São Paulo – 10h às 17h – horário de Brasília
  • Bolsa de Valores de Nova York (NYSE) – 9h30 às 16h00 EST
  • NASDAQ – 9h30 às 16h00 EST
  • Bolsa de Valores de Londres (LSE) – 3h às 11h30 EST

Movimentações de preços dos ETFs

Assim como as ações, os ETFs sofrem com oscilações de preços. O preço de uma ação flutua durante o dia, permitindo que os investidores lucrem com seu aumento ou sua queda.

Existem inúmeros fatores que podem influenciar essas flutuações, as próprias oscilações do mercado, ou até mesmo algum acontecimento específico que atinja determinado setor.

Dessa forma, os ETFs estão sujeitos as mesmas movimentações que as ações que estão em sua cesta sofrerem.

Entretanto há também o “NAV”, chamado de Valor Ativo Líquido, que é o valor oficial mais recente do ETF, baseado no último fechamento do mercado em que está listado.

Por isso, o NAV está diretamente ligado so preço de mercado do ETF, que pode mudar de acordo com a oferta e demanda, por exemplo.

Quais os melhores ETFs para investir?

Quando falamos sobre os melhores ETFs para investir levamos em conta as últimas movimentações do mercado, e a maneira como eles reagiram.

Lembre-se sempre que estamos falando de investimentos de risco e que sofrem com as oscilações do mercado.

Entretanto, apresentamos abaixo cinco melhores ETFs para você investir, algumas opções são do mercado brasileiro, e outras do mercado internacional.

1. BBOV11 – BB ETF IBOVESPA FUNDO DE ÍNDICE

Esta é uma opção para você que quer operar na bolsa brasileira.

ETFs

Este Índice acompanha o desempenho do Ibovespa, o principal índice da Bolsa brasileira. O gestor do BBOV11, criado em 2020.

Dessa forma, os investimentos em lotes são feitos a partir de 50.000 cotas no mercado primário. A taxa de administração é de 0,18% ao ano.

2. XBOV11 – CAIXA ETF IBOVESPA FUNDO DE INDICE

A segunda alternativa também está listada na bolsa de valores brasileira.

ETFs

Temos aqui um ETF que busca refletir a performance, antes das taxas e despesas, do Índice Bovespa (IBOV). Foi criado em 2012 e consiste principalmente nas ações que compõem a carteira teórica do Índice.

Por fim, é administrado pela Caixa Econômica Federal, sendo possível realizar investimento em lotes a partir de 50.000 cotas.

3. Vanguard S&P 500 ETF (VOO)

Este é um dos ETFs mais populares em todo o mundo, e segundo a própria Vanguard, o fundo tem ativos líquidos totais de mais de US$ 841 bilhões e detém mais de 500 ações.

ETFs

Dessa forma, investir no ETF Vanguard S&P 500 proporcionará ampla exposição às 500 maiores empresas de capital aberto dos EUA.

Por isso, este ETF forneceu um retorno médio anual de mais de 18% durante os últimos três anos e mais de 15% desde sua criação em 2010.

Por fim, o fundo também tem um índice de despesas de 0,03% e um rendimento de 1,34% – ideal para investidores que querem negociar ETFs.

4. ETF Schwab US Dividend Equity (SCHD)

Este ETF foi projetado para imitar o desempenho do índice Dow Jones US Dividend 100, que se concentra em ações de alto rendimento baseadas nos EUA.

etfs

Por isso, é ideal para investidores interessados em gerar um fluxo de rendimento passivo, uma vez que oferece um rendimento anual de 2,89%.

Além disso, o ETF Schwab US Dividend Equity também tem um bom desempenho do ponto de vista dos ganhos de capital e retornou mais de 15% em cada um dos últimos três anos.

5. ETF Inovação ARK (ARKK)

O ARK Innovation ETF é um dos melhores ETFs para day trade, pois é composto por uma seleção das principais ações de crescimento no mercado de ações.

etfs

Embora este ano tenha sido difícil para este ETF devido aos crescentes temores inflacionários e rumores de aumentos nas taxas de juros, ele manteve um bom desempenho.

De fato, o ETF Ark Innovation retornou notáveis 152,52% em 2021, quando as ações estavam no auge. Por isso esse ETF ótimo para investidores com alta tolerância ao risco.

Melhores estratégias de negociação de ETFs

Uma vez que você tenha entendido como funcionam os ETFs, vamos apresentar algumas estratégias de negociação que podem ser úteis para um trader iniciante.

Abaixo estão detalhadas as estratégias de negociação de ETFs mais populares, que podem ser lucrativas se empregadas de forma eficaz.

1. Day trading de ETFs

Como o próprio nome diz, Day trading é uma operação para ser realizada no mesmo dia.

Para a prática de day trading é importante que o operador tenha em mente que precisa de uma corretora e domine setup de operações. Precisa também se familiarizar com as ferramentas como stop gain ou stop loss.

Além disso, ele pode utilizar mecanismos de alavancagem, mas sempre com uma margem de garantia para não arriscar mais do que pode.

Por fim, a prática de day trading pode ocorrer em algumas horas, ou até em minutos, envolve uma abordagem de decisões de curto prazo. Seu objetivo é se beneficiar de pequenas flutuações de preços.

Dito isso, podemos operar ETFs em Day Trading. Mas lembre-se que esta é uma estratégia de alto risco.

2. Investimento passivo

Esta é uma opção muito boa para pessoas que não tem tempo de acompanhar constantemente o mercado. Ou ainda para traders iniciantes, e também para investimentos a longo prazo.

Na opção de investimento passivo vc investe em ETF e deixa sem um gerenciamento regular. Dessa forma, essa opção é uma boa para ETFs que rastreiam índices de mercado, como por exemplo ETF Vanguard S&P 500.

Por isso, você opta por índices que tendem a apresentar retornos anuais positivos e deixam seus investimentos lá por um período maior de tempo.

3. Short Selling

Short Selling, ou também chamada de “venda a descoberto”, consiste em uma estratégia em que você vende uma ação que não possui em sua carteira. Essa prática é bem comum para quem negocia ações.

Com os ETFs você também realizar esse tipo de negociação. Assim, esse processo envolve emprestar ações de um ETF e depois vendê-las na esperança de que o preço caia.

Dessa forma, caso o preço realmente caia, você recompraria as ações pelo preço mais baixo e as devolveria ao credor inicial, e teria a diferença como lucro.

Vale ressaltar que este é um processo de alto risco e não é oferecido por todas as corretoras que operam ETFs.

Nossa dica é deixar o short selling para traders experientes.

4. Hedging

Por fim, como opções de estratégias de negociação de ETFs, temos o Hedging.

Hedging consiste em adotar uma estratégia de proteção, a fim de compensar possíveis perdas. Dessa forma, temos uma espécie de segurança em casos de quedas de preço.

Entretanto, esta opção oferece retornos mais baixos no caso do ativo ter um aumento de valor. Mas, dessa forma, você conta com uma proteção.

Negociar ETFs é seguro?

Sim, negociar ETFs é seguro, mas para isso você precisa operar a partir de uma corretora respeitada. É sempre importante verificar se a plataforma é regulamentada e confiável no mercado.

Por isso, apresentamos no começo deste artigo algumas opções de corretoras confiáveis para facilitar sua escolha. Entretanto, caso opte por escolher outra operadora, faça uma pesquisa minuciosa.

As corretoras aqui citadas atendem a estes critérios, e ainda oferecem um amplo leque de ETFs para se negociar.

Negociar ETFs é uma prática já consolidada no mercado financeiro. Estamos falando de uma operação que existe desde a década de 1980 nos EUA e desde 2004 no Brasil.

Além disso, os ETFs oferecem uma cesta com as melhores empresas do mercado. Isso faz dos ETFs uma excelente opção para quem quer entrar no mercado de ações, mas não conhece muitas empresas.

Entretanto, estamos falando de um investimento de risco, por isso é preciso estar disposto a encarar as oscilações do mercado. Estas oscilações ocorrem diariamente, mas pode ter maior variação de acordo o tempo.

Como negociar ETFs – Tutorial

Agora que você já aprendeu um pouco mais sobre os ETFs, como eles funcionam e algumas técnicas de negociação, veja este tutorial para negociar ETFs.

Para exemplificar escolhemos a plataforma Capital.com, que como pontuamos acima, é uma ótima opção para negociar ETFs.

Com isso em mente, as quatro etapas rápidas abaixo mostrarão como negociar ETFs pela Capital.com – tudo sem pagar um centavo em comissões:

Passo 1 – Abra uma conta na Capital.com

ETFs

Para abrir sua conta a Capital.com você precisa acessar o site ou baixar o app. Você terá que preencher um cadastro ou fazer login via Facebook, Google ou Apple Store, por exemplo.

Passo 2 – Verifique sua conta

ETFs

Com seu cadastro efetuado é hora de verificar sua conta. Esta etapa é importante para operar em segurança seguindo as regulamentações.

Passo 3 – Faça um depósito

Após ter sua conta verificada é hora de depositar fundos para poder operar.

ETFs

Para isso você optar pela forma que for mais conveniente a você. A Capital.com aceita transferência bancária, cartão de crédito, além de outros meios digitais.

Passo 4 – Pesquise ETFs

Agora que você já possui seus fundos ativos é hora de pesquisar ETFs.

ETFs

Neste momento você irá ver as opções disponíveis na corretora. O ideal é já ter definido qual será o ETF que você irá investir.

Passo 5 – Conclua sua operação

Com seu ETF definido chegou a hora de efetuar sua negociação. Aqui é importante ter em mente quanto você irá investir. Defina o valor e conclua a operação.

ETFs

Além do valor, é importante também saber o prazo que deixará seu ETF ativo. Como já mencionamos acima, há possibilidade de day trader ou mesmo anos.

Alinhe o valor do investimento e o tempo com sua expectativa de ganhos e perdas.

Conclusão

Como vimos até aqui, este artigo procurou esclarecer um pouco o que são ETFs e como investir nestes ativos.

Em resumo, ETFs, (Exchange Traded Funds), é uma classe de ativos que operam com cestas de ações baseadas em índices. Assim, ETF significa fundo negociado na bolsa.

Ao optar por este tipo de ativo você está investindo em uma cesta de ações de empresas que já estão disponíveis na bolsa de valores. Por isso, é uma ótima opção para quem quer entrar no mercado de ações, mas não conhece profundamente as empresas.

Para operar ETFs com segurança é importante escolher uma plataforma certificada, que já tenha tradição no mercado e trabalhe com ETFs.

Além disso, defina quais são as ETFs que você deseja operar, se correspondem a bolsa do Brasil ou de outro país.

No Brasil, assim como em outros países, temos inúmeras opções de operam ETFs, antes de transferir fundos faça uma pesquisa para confirmar a idoneidade.

Cada corretora opera com ETFs específicas, por isso você precisa estar bem atento a sua escolha antes de abrir uma conta.

Por isso apresentamos neste guia algumas opções de corretoras seguras e confiáveis para você começar investir hoje mesmo, seja no Brasil ou em outro país.

Perguntas Frequentes sobre ETFs

O que são ETFs?

Como investir em ETFs?

ETFs pagam dividendos?

Posso operar ETFs em outras bolsas de valores, além do Brasil?

Como ganhar dinheiro com ETFs?

É possível realizar Day trading com ETFs?

Permaneça conectado

Junte-se a mais de 100.000 de seus colegas e receba nosso boletim informativo semanal que apresenta as principais tendências, notícias e análises de especialistas para ajudar a mantê-lo à frente da curva