Know your customer

Pela mesma razão que bancos comerciais exigem verificação de identidade antes de aceitar um novo cliente e permitir o uso de seus serviços, as maiores bolsas de criptomoedas do mundo também exigem uma verificação dos usuários. O problema é que a ferramenta mais popular na confirmação de identidade parece não ser tão eficaz assim.

De acordo com pesquisa elaborada pela plataforma de garantia de estorno nSure.ai, 76,5% dos golpes no universo cripto envolvem contas com verificação KYC – ferramenta que já foi considerada totalmente confiável. Há, no entanto, uma maneira de impedir fraudes no processo chamado KYC (abreviação do inglês “know your customer”, que significa “conheça o seu cliente”).

O que é o processo “conheça seu cliente” (KYC)?

KYC é o termo usado para descrever o processo pelo qual a identificação de um cliente é confirmada, mais frequentemente por um banco, corretores de câmbio e bolsas cripto. Documento de identificação com foto emitido pelo governo, comprovantes de residência e passaporte válido são algumas das exigências usadas para verificar a identidade de um novo cliente.

Sempre que uma nova conta é aberta, ou há uma mudança em uma conta já existente, o cliente é solicitado a fornecer sua documentação de identificação.

O processo KYC pode ser dividido em etapas:

  • Registro: Quando são fornecidos dados de contato. O sistema faz uma verificação das informações para garantir que elas coincidam com o que está arquivado em bancos de dados públicos.
  • Identificação: Nesta etapa, o cliente deve fornecer documentos de identificação tais como carteira de habilitação, passaporte ou carteira de identidade nacional. O sistema verificará esses documentos para garantir que sejam autênticos e pertençam ao cliente.
  • Aceitação do cliente: Após verificação de todos os dados do cliente, corretores e bolsas cripto aprovam a conta para negociação. O acesso aos serviços está liberado para aquele usuário.
  • O objetivo de uma validação KYC é impedir que criminosos utilizem os serviços de uma empresa para fins ilegais, tais como lavagem de dinheiro ou financiamento do terrorismo.

nSure.ai pode aperfeiçoar o processo KYC

Os usuários de primeira viagem representam 87% das transações bloqueadas, o que significa um problema grande para o departamento de novos clientes de qualquer instituição financeira. Mas o dado preocupante mesmo da pesquisa de nSure.ai é que 76,5% das transações fraudulentas tiveram origem em contas com certificação KYC.

Isso explica por que bolsas cripto online estão colaborando com nSure.ai para garantir a segurança de suas transações. Isso passa por eliminar etapas manuais e demoradas em seus procedimentos KYC.

nSure.ai é a primeira empresa no mercado de bens digitais a construir um algoritmo que emprega o comportamento do usuário, análise contextual e um sistema de detecção multivariado para determinar se uma transação é falsa ou não. Este formato de averiguação facilita para as empresas a integração de um grande número de pessoas enquanto eliminam os fraudadores com identidades falsificadas.

nSure.ai reduz o em 70% o risco de fraudes na identificação

Os modelos personalizados coletam e analisam dados em tempo real, permitindo à nSure.ai oferecer garantia de receita e de estorno. A empresa, apoiada pela AXA, reduz em cerca de 70% o risco de identificações fraudulentas, em comparação com a média da indústria. Esse percentual, segundo a empresa, permitiria que varejistas evitassem quase US$ 100 bilhões por ano em receitas perdidas por causa de clientes ilegítimos.

Alex Zeltcer, co-fundador e CEO da nSure.a, explica:

“A fraude não deve ser aceita como uma parte padrão na condução dos negócios. Ao remover esta barreira, reduzimos o atrito causado pelas medidas antifraude existentes e aumentamos as receitas. Além disso, familiarizados com o espaço cripto, os compradores se beneficiarão imediatamente de um processo de autenticação mais simplificado, permitindo que as empresas reconheçam um volume de transações muito maior.”

nSure.ai é uma plataforma avançada de prevenção à fraude. Como explicado em material de divulgação, trata-se de uma solução que protege os vendedores de produtos digitais, com foco em domínios digitais de alto risco, como pré-pago e jogos.

Para as bolsas cripto, a adoção dessa tecnologia é bem-vinda, principalmente após ver a popularidade nas indústrias de viagens, jogos e bens digitais, onde o método já está em uso.

Notícias relacionadas

Tamadoge (TAMA) - A Dogecoin P2E

Nossa Avaliação

  • 'Potencial 10x' - Relatório CNBC
  • Deflacionária, baixa oferta - 2 bilhões
  • Move to Earn, integração do metaverso no roteiro
  • NFT Doge Pets - Potencial para adoção em massa
  • Próxima ICO em Exchange de Alto Escalão
Criptoativos são um investimento de alto risco e podem não ser indicados para novatos.

Tópicos populares

Nenhum conteúdo encontrado, volte em breve!