Fundo Three Arrows Capital entra em falência com queda do mercado

Segundo fontes ouvidas pela imprensa, como a rede americana CNBC e a rede australiana Sky News, um tribunal das Ilhas Virgens Britânicas determinou a falência do Three Arrows Capital, também conhecido como 3AC, que está sediado em Cingapura e é um dos maiores fundos de hedge com criptomoedas do mundo.

Ele foi duramente atingido pelas consideráveis e persistentes quedas das cotações da criptomoedas ao longo do ano de 2022.

Um dos primeiros sinais de problemas com o Fundo 3AC foi a venda às pressas que fez de 40 milhões de dólares em ativos no meio de junho, o que estimulou rumores de insolvência.

Notícias recentes sobre o Three Arrows Capital já evidenciavam dificuldades

Poucos dias depois, em 18 de junho, o Financial Times, um jornal especializado em finanças, noticiou que o fundo não tinha conseguido fornecer garantias suficientes em suas operações quando elas foram pedidas.

Em 22 de junho, o jornal Wall Street Journal, especializado em negócios, noticiou que o fundo não havia conseguido pagar um empréstimo que fizera com a empresa Voyager Digital. Esta, no dia 27 de junho, anunciou formalmente que o 3AC devia-lhe mais de 365 milhões de dólares e que solicitaria que ele tivesse sua falência declarada.

Também no dia 27, segundo relatos que chegaram à imprensa dois dias depois, a Voyager Digital obteve de um tribunal nas Ilhas Virgens Britânicas a liquidação do fundo. As fontes em questão preferiram permanecer no anonimato.

Se confirmada a liquidação do 3AC, ele será uma das maiores vítimas da atual fase de baixa no mercado de criptomoedas, a qual tem sido chamada de inverno cripto.

O investimento em criptoativos pode não ser adequado para investidores novatos, que podem perder o total do valor investido.

Inverno cripto atinge outras empresas do ramo

Outra empresa ligada a criptomoedas que apresentou problemas de liquidez recentemente foi a Celsius, empresa de empréstimos com criptomoedas que, em junho deste ano, suspendeu saques, conversões e transferências entre contas, embora alegue que os depósitos continuam sendo remunerados.

Ainda segundo as fontes ouvidas pela imprensa, a empresa de consultoria Teneo, sediada nos Estados Unidos, foi chamada a participar do processo de liquidação. Depois de apurar em que consiste o patrimônio do 3AC, ela publicará instruções para que os credores apresentem suas reivindicações.

O fundo Three Arrows Capital foi fundado no ano de 2012 por Su Zhu e Kyle Davies, que foram colegas na Phillips Academy, na qual estudaram os presidentes americanos George H. W. Bush americanos e George W. Bush, pai e filho, e na Universidade de Colúmbia.

Quando os rumores de insolvência começaram a surgir, os fundadores da empresa tentaram acalmar credores e investidores, mas não conseguiram apresentar nenhum plano de recuperação concreto que restaurasse a confiança na empresa.

Colapso da Terra pode ter sido fator principal

Segundo alguns relatos, cuja veracidade não é possível confirmar, o principal golpe para o 3AC foi o colapso da stablecoin da Terra, na qual ele tinha investido pesadamente.

Uma stablecoin é uma criptomoeda lastreada em outro ativo, como outra criptomoeda como o Bitcoin, uma moeda fiduciária como o dólar, ou uma commodity como o ouro.

Em maio de 2022, a equivalência entre a Terra e o dólar começou a se desfazer e, ainda naquele mês, a cotação da moeda entrou em colapso. Calcula-se que cerca de 45 bilhões de dólares de capitalização tenham desaparecido com o colapso da Terra e sua moeda irmã, Luna.

Apesar do fracasso do 3AC em pagar sua dívida multimilionária com a Voyager Digital, esta afirma ter liquidez mais do que suficiente para fazer frente a suas obrigações.

Fontes ouvidas pela imprensa afirmaram que o Three Arrows Capital também não conseguirá pagar o empréstimo que fez com a empresa BlockFi.

As notícias sobre a liquidação do 3AC atingiram o mercado de criptomoedas, que apresentou baixa considerável devido aos temores de que instituições que tenham investido no fundo também apresentem problemas de liquidez.

Notícias relacionadas


Permaneça conectado

Junte-se a mais de 100.000 de seus colegas e receba nosso boletim informativo semanal que apresenta as principais tendências, notícias e análises de especialistas para ajudar a mantê-lo à frente da curva

Tópicos populares

Nenhum conteúdo encontrado, volte em breve!