Harmony recompensa encontrar hackers

No dia 23 de junho de 2022 a Harmony anunciou em seu perfil no Twitter que sua equipe identificou a ocorrência de intervenção hacker na Horizon Bridge, a qual culminou no furto de ativos digitais.

O prejuízo do desvio foi de, aproximadamente, 100 milhões de dólares, um dos maiores roubos envolvendo criptomoedas da história até o momento. Além disso, o ataque afetou a empresa, que viu seu token nativo desvalorizar na sequência do ocorrido em pelo menos 12%.

Desenvolvedores da Harmony teriam notificado plataformas de criptomoedas sobre o ocorrido e suspendido a operação da Horizon, para evitar novas transações.

A Horizon é uma importante ponte de integração entre blockchains, baseada em software de código aberto, que permite transações de criptoativos, como NFTs e stablecoins entre as blockchains Ethereum, Binance Smart Chain e Harmony, através de smart contracts e validações.

O CEO da Harmony, Stephen Tse, informou não existirem evidências de comprometimento pelo ataque hacker nos contratos e validações. 

Ainda na semana passada, a Harmony anunciou estar trabalhando em conjunto com as autoridades e especialistas forenses para identificar os responsáveis e recuperar os ativos.

O time de investigação da Harmony inclui engenheiros localizados nos Estados Unidos, Grécia, Índia e Camboja.

Alguns pesquisadores apontam para a possibilidade de que a falha tenha sido explorada por meio do comprometimento de uma chave privada, o que foi corroborado pelo CEO da Harmony, que informou que o time de investigação havia identificado indícios nesse sentido.

Na tarde do dia 26, a Harmony, também em seu perfil do Twitter, anunciou a oferta de uma recompensa de 1 milhão de dólares pela colaboração em prol da recuperação dos ativos digitais desviados e pelo compartilhamento de informações sobre quais teriam sido as eventuais falhas exploradas pelos criminosos.

O intuito seria compreender como ocorreu o ataque e melhorar a estrutura de segurança da plataforma, se for o caso. A empresa informou ainda que não realizará representação criminal se os fundos forem devolvidos. 

Notícias relacionadas


Tópicos populares

Nenhum conteúdo encontrado, volte em breve!