corte gastos cripto

Segundo dados fornecidos pela empresa Sensor Tower, o orçamento das empresas de criptomoedas destinado ao marketing caiu 90% desde novembro de 2021. O corte no orçamento das empresas está ligado ao chamado ‘inverno cripto‘ e à recente crise no mercado.

A empresa Gemini Trust, por exemplo, uma plataforma de criptomoedas, gastou menos de US$ 500.000 no mês de maio com anúncios. Em comparação, em novembro de 2021 a empresa de gastou US$ 3,8 milhões.

O investimento em criptoativos pode não ser adequado para investidores novatos, que podem perder o total do valor investido

Demissões em massa nas empresas

Além do corte no orçamento de marketing, empresas como a Crypto.com e a Coinbase anunciaram recentemente demissões em massa de seu quadro de funcionários.

A Coinbase demitiu 1.100 funcionários, relativo a 18% de sua força de trabalho.

A Crypto.com anunciou a demissão de apenas algumas centenas de funcionários, assustando o mercado depois de ser a primeira plataforma de criptomoedas a patrocinar Copa do Mundo de futebol e comprar os direitos de nomear um estádio em Los Angeles.

Da mesma forma, Gemini, BlockFi e até mesmo a brasileira Mercado Bitcoin anunciaram cortes no pessoal recentemente.

Binance é a uma das únicas empresas a contratar

A Binance, outra plataforma de trocas, venda e armazenamento de criptomoedas, segue na direção oposta, continuando a realizar contratações de funcionários.

Segundo especialistas, a Binance é uma das empresas que criou a demanda por muitos gastos durante o período de alta do mercado, tendo cautela com seus recursos.

Recentemente, em meio às ondas de demissão, o CEO da Binance, Changpeng Zhao, o CZ, disse acreditar que o inverno cripto é um ótimo momento para contratar pessoas.

Na conferência Consensus 2022, CZ afirmou que a Binance está “em alta velocidade em termos de atividade de M&A [fusões e aquisições]”.

“Temos um baú de guerra muito saudável. Na verdade, estamos expandindo as contratações agora.”

CZ não é o único a acreditar na recuperação do mercado e ser otimista em relação às criptomoedas. Muitos especialistas afirmam que a recessão é um ótimo momento para aproveitar a queda nos preços e comprar criptoativos.

Notícias relacionadas


Permaneça conectado

Junte-se a mais de 100.000 de seus colegas e receba nosso boletim informativo semanal que apresenta as principais tendências, notícias e análises de especialistas para ajudar a mantê-lo à frente da curva

Tópicos populares

Nenhum conteúdo encontrado, volte em breve!